quarta-feira, 1 de dezembro de 2010

Dido - Here With Me

video

Música mais do que linda e perfeita para mim... Sou um apaixonado mesmo! E essa música mostra muito sobre a minha pessoa!

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Amigos Para Sempre

          Confesso que levei bastante tempo pensando em como começar a escrever, pois falar de amizade não pode ser tão óbvio e redundante como muitos acham. Embora haja muitas músicas, poesias, filmes, seriados, novelas, desenhos e uma infinidade de maneiras de tratar do assunto, não devemos esquecer da coisa mais importante que é uma amizade: ELA É LIVRE!
          Isso mesmo: a amizade é o sentimento mais perfeito que existe, pois ela é livre. Ela não se torna dependente do outro como o amor, ela não é superficial como o carinho, ela não é destruidora como a paixão. A amizade é, por si só, todos esses sentimentos, outros mais e ainda assim, permanece livre.
          Uma vez o poeta escreveu que um amigo é "coisa pra se guardar do lado esquerdo do peito". Ele estava coberto de razão, mas isso não significa que o meu amigo tenha que estar sempre comigo, ao meu lado, presente em carne e osso.
          Bem que eu gostaria que todos os meus amigos estivessem 24 horas comigo (nossa, como isso seria perfeito), mas sei que isso não é possível. Os nossos caminhos nos levam às vezes para direções opostas, mas aprendi durante essa minha jornada de 27 anos (até o presente momento) que um dia os amigos se reencontram.
          Nada dura para sempre, nem mesmo a distância. Eu tinha tanto medo de NUNCA MAIS ver um amigo meu, de nunca mais ter notícias dele, de nunca mais abraçá-lo novamente. Hoje eu venho que tudo isso é apenas questão de amadurecimento, tudo é questão de aceitar que TUDO NESSA VIDA é mutável. Até meus amigos.
          E vocês precisavam conhecer meus amigos. Os meus amigos sempre foram os melhores amigos do mundo. Sempre presentes, sempre participativos, sempre confidentes, sempre incomparáveis.
          Amigo é um porto no meio da tempestade, "amigo é aquele que chega quando todo mundo já foi embora", amigo é aquele que te liga no meio de um sábado à noite (quando você está numa maior depressão) e te chama pra ir na balada (mesmo sem você não ter tido a ele como você estava se sentindo), amigo é aquele que te carrega pra casa quando você bebeu demais (e se for necessário ainda te dá um banho de água fria pra ajudar a curar o seu porre).
          Amigo é aquele que te diz verdades na cara, mesmo correndo o risco de ser mal compreendido ou até mesmo ofendido. Amigo é aquele que não desiste de você, mesmo quando as outras pessoas já te condenaram. Amigo é um irmão que a gente não escolhe, mas o nosso coração. Afinal de contas, a amizade também é um sentimento.
          E como é lógico de todo sentimento (se é que os sentimentos têm alguma lógica), a amizade não tem padrões. Você jamais saberá a receita certa para se ter um amigo. Pois, você pode ter um amigo que é pastor, que é muçulmano, que é árabe, católico, espírita ou candomblecista. Você pode ter um amigo branco, negro, russo, japonês, brasileiro, holandês ou argentino. Pode ter um amigo hétero, gay, lésbica, bi, prostituta, traficante, mendigo, perdido ou achado.
          Que saber!? Não me interessa. Ele é seu amigo e a amizade é isso: não é o que a pessoa é para os outros, mas sim o que ela significa pra você. Esqueceu o que eu disse!? A Amizade é livre, ela não se prende a nada, nem mesmo a padrões.
          Tenha você centenas de amigos, tenha você apenas um amigo. Ele é seu amigo e isso ninguém irá tirar de você. Mas uma hora ele partirá, uma hora você se verá sem ele ao seu lado.
          Não tenha medo, isso acontece.
          Você precisa saber se é forte o suficiente para se virar sem a ajuda dele e se é forte o suficiente para correr ao seu encontro, quando ele precisar de você. Isso é amizade.
          "E se lembre que enquanto você viver um amigo é a coisa mais verdadeira que há. A companhia para a maior viagem que fizer. Um amigo é uma coisa que não morre jamais."

quarta-feira, 30 de junho de 2010

Também Sou Contra O REBOLATION

Nada como um vídeo perfeito para expressar a minha indignação contra esse lixo musical.

terça-feira, 29 de junho de 2010

Um Dia Foi Assim

          Pra falar a verdade, eu não lembrava que eu tinha um blog, pode uma coisa dessas? É que faz tanto tempo que eu não escrevo, que... Nossa é verdade: eu escrevia. Escrevia e muito.
          Quem me conhece há pelo menos uns 10 anos, sabe que eu amava escrever. Poesias eu tenho pra mais de 100 só minhas. Já tive umas duas ou três publicadas.
          Só que eu não sei o que houve, mas no meio do caminho alguma coisa aconteceu e eu simplesmente não escrevo mais. Escrevo o que é necessário: faculdade, lista de compras, planilha de dívidas, scraps, twitters, etc. Mas não escrevo mais como eu escrevia: poeticamente, pra desabafar, pra afogar algumas mágoas, pra contar algumas felicidades.
          Alguma coisa aconteceu. Mas será que alguma coisa boa ou algo ruim?
Eu aprendi a falar. Eu não guardo mais nada dentro de mim. Se algo me incomoda, eu falo. Se algo me alegra, eu falo. Se algo me entristece, eu digo. Se algo me dá vontade de rir, eu gargalho. Mas e aê? Tô melhor agora?
          Talvez sim, porque sinto que estou muito mais feliz do que eu era. Porque quando eu passei a agir e não apenas a sonhar e escrever, tudo o que estava no papel se tornou realidade. Eu acabei entendendo que pra ser feliz, eu não podia passar minha vida inteira analisando e descrevendo a vida. Eu precisava vivê-la.
          Ser poeta é tão bom, é tão lindo. Ser reconhecido pelas coisas lindas e marcantes que você escreve é muito gratificante. Mas a vida de um poeta é muito ruim, muito solitária. E isso é uma coisa que eu não quero mais pra mim. Deixa eu ser feliz vivendo cada minuto, guardando na cabeça as melhores lembranças de cada momento.
          O Binho Campos de 10 anos atrás não existe mais. Ele agora está junto com aquelas poesias que um dia ele escreveu. Eu agradeço a ele por me ajudar a entender que a vida foi feita para ser vivida, que foi feita para ser sentida e não para ser analisada, descrita, quantificada e qualificada.

          Faltam 15 dias para o meu aniversário. Irei fazer 28 anos. Ainda resta muita coisa da pessoa que eu sempre fui. Fato: certas coisas nunca mudam. Mas quer saber: estou muito mais feliz.

terça-feira, 21 de julho de 2009

O Retorno

Olá gente... estou voltando novamente...
Cheio de Saudades de vocês!
Logo mais posto minha vida... como tem estado!
Beijos!!!